A VIDA NÃO É DIA SIM, DIA NÃO !

A VIDA NÃO É DIA SIM, DIA NÃO !

sábado, 24 de setembro de 2011

Gostava de perceber

Porquê que as pessoas do Norte são mais chegadas umas às outras do que as do Sul ?

16 comentários:

  1. Não sei se é assim tão linear linda :)

    ResponderEliminar
  2. porque nós somos assim espectaculares!! :P

    ResponderEliminar
  3. Porque é que tu achas que isso é assim? Onde eu vivo (sul) não nada assim...

    ResponderEliminar
  4. Também noto isso. E sou do norte, :)

    ResponderEliminar
  5. Presumo que estejas a falar de dados estatísticos pois não estou a ver que tipo de estudo se possa fazer para avaliar esta questão. De qualquer maneira, são estudos que valem o que valem. Contudo esta questão é atingida por várias condicionantes... Como por exemplo, se estás a falar de uma grande cidade ou de uma pequena aldeia. É sabido que uma vida numa grande cidade, como por exemplo, Lisboa ou Porto, podes viver a vida toda sabendo quem é o teu vizinho mas nunca sequer na vida falares com ele. Agora se tiveres numa terrinha o assunto muda bem de figura. Sinceramente, não concordo com isso devido à minha experiência que sempre vivi no Sul, somos pessoas bastante chegadas e duvido que no Norte consigam ser mais do que nós (nota: estou a falar de onde eu moro). Se isso que acabaste de dizer é a regra (o que não me parece), então nós somos a excepção...

    ResponderEliminar
  6. somos muito fofinhos *.* somos do norte , pronto, tá tudo dito xd

    ResponderEliminar
  7. Neste caso não me pronuncio, não pertenco ao Norte nem ao Sul xD

    ResponderEliminar
  8. De qualquer maneira costumam ser dados psicológicos tratados de uma forma estatística, se não fosse assim não podiam ser comparados. Não é só na aldeia que isso acontece, eu moro numa cidade e todas as pessoas se conhecem umas às outras e, em situações que trazem coisas boas ao que é nosso, todos se juntam em prol do mesmo. Acho que este assunto não é apenas e objectivamente uma questão geográfica. :)

    ResponderEliminar
  9. É estranho, sim senhora, a proximidade das pessoas e a entre-ajuda estar relaccionado com o número de serras. Eu parto do pressuposto que o relevo é bastante acentuado, logo exige mais trabalho, logo as pessoas têm de se juntar, têm de trabalhar juntas e daí desenrola-se a humildade e a capacidade de todos se ajudarem nas tarefas agrícolas.

    ResponderEliminar
  10. Acho que não é assim tão linear...
    Eu, que já morei em Lisboa e agora moro novamente no Porto, nesse aspecto não noto grande diferença.
    Agora se falares em pequenos locais é normal porque todos se conhecem.
    Dizem que as pessoas do norte são mais simpáticas e blá blá blá, mas honestamente, da experiência que tive, prefiro Lisboa ao Porto. Aqui as pessoas ainda têm uma mentalidade pequenina... Pouco europeia.
    Mas esta é só a minha opinião.

    xoxo
    Lux

    ResponderEliminar