A VIDA NÃO É DIA SIM, DIA NÃO !

A VIDA NÃO É DIA SIM, DIA NÃO !

sexta-feira, 7 de janeiro de 2011

Serviu de encorajamento

O amor, quando se revela,
Não se sabe revelar.
Sabe bem olhar p'ra ela, 
Mas não lhe sabe falar.

Quem quer dizer o que sente
Não sabe o que há de dizer.
Fala: parece que mente
Cala: parece esquecer

Ah, mas se ela adivinhasse,
Se pudesse ouvir o olhar,
E se um olhar lhe bastasse
Pra saber que a estão a amar !
Mas quem sente muito, cala;
Quem quer dizer quanto sente
Fica sem alma nem fala,
Fica só, inteiramente!

Mas se isto puder contar-lhe
O que não lhe ouso contar, 
Já não terei que falar-lhe
Porque lhe estou a falar ...

Fernado Pessoa

Foi graças a este poema, que tudo mudou, quando o enviei por mensagem ao Tiago. Ele não admitia o que sentia e nestes versos estava o sentimento escondido, que sentia por mim. Foi assim que o admitiu e desde aí tudo se modificou !

8 comentários:

  1. uii acho que este poema me vai ser muito útil :p

    ResponderEliminar
  2. podes crer . pensava de já nao haverem pessoas assim !

    ResponderEliminar
  3. bem bonito *.* como as palavras podem mudar sentimentos ;$

    ResponderEliminar
  4. Nossa que romantico *-*, os poemas e pensamentos de Fernando Pessoa são maravilhosos,Obg pelo o seu comentário e a sua visita :)
    beeijão

    ResponderEliminar